Reagindo com sabedoria a um bullying religioso – Abe Huber

Publicado em 22 setembro 2016

abe-huberQuando minha esposa estava concluindo o segundo grau – ainda não éramos casados naquele momento – havia um colega que brincava com ela por ser cristã. Ele costumava cumprimentá-la em frente a todos os colegas, com tom de deboche: “Paz do Senhor, irmã!. Incomodada com tal situação, ela me perguntou o que fazer. Respondi-lhe que não havia motivos para que ela sentisse vergonha. Pelo contrário, aquele rapaz, que não tinha Jesus, é que deveria se envergonhar de sua situação.

Alguns dias depois a minha noiva (hoje esposa) estava na biblioteca, um local muito silencioso, quando o rapaz novamente a cumprimentou daquela forma, para que todos ouvissem. Mas, desta vez, ela estava preparada e respondeu em voz alta: “Paz do Senhor, meu irmão! Eu não sabia que você também já tinha recebido Jesus como Senhor da sua vida. Que coisa maravilhosa! Você também é seguidor de Jesus!”. Isto é estar cheio de Jesus e fazer um evangelismo agressivo, que não tem vergonha, porque Ele é o caminho, a verdade e a vida, e ninguém vai ao Pai senão por Ele. Falamos abertamente de Jesus a todo mundo, com alegria e coragem.

No Brasil temos visto muitas igrejas cujos membros, apesar de alguns problemas, receberam a plenitude do Espírito Santo e pregam a palavra na unção do Espírito, tendo como resultado uma impressionante atração de pessoas para Jesus. São multidões se convertendo a Cristo em todo tipo de igreja e denominação, atraídas para o Senhor porque as pessoas estão cheias do Espírito Santo e pregam a Palavra de Deus.

Revista MDA


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Sugestão de Leitura
Enquete

Deus pode usar a doença para provar uma pessoa?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...
Lista de Links
Copyright 2007-2012, Jota7.com - Todos os direitos reservados.