Acusado de aplicar golpes de compra de animais em Mucajaí é preso por estelionato

Publicado em 18 agosto 2014

A equipe da Delegacia de Polícia Civil de Mucajaí cumpriu mandado de prisão preventivo contra o autônomo José Pena Mangabeira, 28, apelidado de “Zé do Boi”. Ele é acusado da prática do crime de estelionato e aplicava golpes em pequenos fazendeiros na região de Mucajaí, comprando animais e pagando com cheques sem fundo de terceiros.
Segundo informações da delegada titular de Mucajaí, Ednéia Chagas, quatro pessoas procuraram a Delegacia para denunciar que estavam sendo vítimas de golpes praticados pelo indivíduo conhecido pela alcunha de “Ze do Boi” e outros comparsas.
“Elas relataram que eram procuradas por esses indivíduos para comprarem gado e carneiros. Por telefone o Zé do Boi acertava o dia e o local para pegar os animais vivos ou abatidos e se comprometia em pagar em dinheiro. Quando chegava às fazendas e sítios das vítimas, ele as convencia a aceitar um cheque e levava os animais. Quando iam descontar o cheque, descobriam que estava sem fundos” contou a delegada.
A primeira vítima procurou a delegacia no ano de 2011 e disse que foi lesada em R$ 25.500, quando vendeu 20 cabeças de gado leiteiro para o acusado. A segunda vítima foi em janeiro de 2014 e comunicou que vendeu 30 cabeças de carneiros e recebeu um cheque de R$ 6.552 que não tinha fundos. A terceira vítima foi em maio de 2014 e disse que vendeu carneiros abatidos e recebeu um cheque de R$ 2.478 também sem fundos. A quarta vítima foi em julho de 2014 e contou que vendeu porcos abatidos avaliados em R$ 2.772 e não recebeu.
Segundo a delegada, todos os cheques eram em nome de terceiros e as vítimas relataram que o acusado não agia sozinho, estando sempre em companhia de uma ou mais pessoas que ainda não foram identificados.
“Como forma de frear a continuidade delitiva, representamos pela prisão preventiva para evitar que outros fazendeiros e pequenos produtores da região de Mucajaí continuassem caindo no golpe. Tínhamos notícias de que esse mesmo golpe era praticado em outros municípios do Estado. O juiz da Comarca de Mucajaí, Ângelo Augusto Graça Mendes, para garantir da ordem pública, para que não houvesse mais prejuízos aos fazendeiros da região decretou a prisão preventiva”, informou a delegada.
Zé do Boi, como é conhecido, foi preso na Delegacia de Polícia do Interior (DPI), na Cidade Santa Cecília, no momento em que estava sendo interrogado em outro procedimento. Sobre os quatro casos de estelionato em que é acusado, ele foi interrogado na presença de advogados, admitiu ter pago algumas das vítimas com os cheques, os quais não conseguiu cobrir por se encontrar com dificuldades financeiras. Ele passou por exame de corpo de delito e foi apresentado na Penitenciária Agrícola de Monte Cristo.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Sugestão de Leitura
Enquete

Deus pode usar a doença para provar uma pessoa?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...
Lista de Links
Copyright 2007-2012, Jota7.com - Todos os direitos reservados.