PM em Bonfim apreende um veículo com uma tonelada de alho chinês

Publicado em 02 setembro 2014

Durante uma ação da Operação Tolerância Zero na Fronteira, a equipe do Pelotão de Fronteira da Polícia Militar de Bonfim, apreendeu um veículo com uma tonelada de alho chinês, adquirido na Guiana Inglesa. A operação aconteceu por volta das 20 horas de ontem, nas proximidades do “Boca do Arraia”, às margens do Rio Tacutu.

De acordo com o comandante do Pelotão de Fronteira da Polícia Militar de Bonfim, tenente Bruno Almeida, já havia um monitoramento e informações de que estaria passando uma grande quantidade de mercadoria pelo “porto” do Arraia, um local conhecido pela travessia de produtos clandestinos.

Foi montada uma barreira e um veículo Escort, de placa JWP-7933, de cor verde, passou pela estrada. Os policiais fizeram o acompanhamento tático, quando deu uma pane no carro, a uns 15 quilômetros após o KM-100, sentido Normandia, momento em que o motorista o abandonou e empreendeu fuga pela mata.

No interior do veículo os policiais apreenderam 100 sacos de dez quilos cada um, contendo o alho. O veículo foi rebocado até a sede do pelotão.

No início da manhã desta terça-feira,02, os policiais apresentaram tanto o veículo quanto o alho adquirido na Guiana na sede da Receita Federal de Bonfim.

Segundo o tenente Bruno, apesar da extensa faixa de fronteira, as ações policiais são possibilitadas em virtude do trabalho de inteligência policial realizado na região pela equipe da PM que foi treinada pela Estratégia Nacional de Fronteira (Enafron), inserida na Política de Segurança Pública na Fronteira.

Ele explica que o alho de origem chinês não pode ser comercializado no Brasil de forma clandestina, pois existem barreiras fitossanitárias, podendo ser prejudicial a saúde.

OPERAÇÕES

Bruno Almeida destaca que neste ano a equipe do Pelotão de Fronteira da Polícia Militar de Bonfim realizou diversas apreensões de produtos clandestinos oriundos da Guiana.

Ele destacou a apreensão de 36 mil unidades de óculos oriundos do Panamá e tinham como destino a cidade de Goiânia (GO). A apreensão foi feita às margens do rio Tacutu. Segundo Bruno Almeida, em média cada óculos poderia custar entre R$ 100 e 200 reais. A mercadoria estava dividida em 12 fardos, sendo de 2 a 3 mil óculos por fardo.

A equipe apreendeu ainda um caminhão abandonado dentro de uma propriedade particular com 106 caixas contendo camisas masculinas e femininas, além de bolsas femininas.

Ao todo, segundo ele, foram apreendidos aproximadamente 8 quilos de maconha, 18.739 peças de confecções, 39.893 óculos, 1.493 telefones celular dos modelos Sansumg S4 e S5, 600 relógios, 527 produtos diversos, 200 quilos de alumínio, três toneladas de alho chinês, um revólver calibre 38 e munições de nos calibres 38, 12 e 20. Além das apreensões, Almeida destaca a prisão de cinco foragidos do Sistema Prisional na região do Bonfim.

“A equipe do Pelotão de Fronteira tem a missão de oferecer uma segurança pública de qualidade aos munícipes de Bonfim. Além de fazermos o trabalho de ronda no Interior, temos ainda a missão de proteger a fronteira, com a repressão qualificada aos crimes fronteiriços como o contrabando, descaminho, tráfico de drogas, de armas, de pessoas, dentre outros, um trabalho que está inserido nas diretrizes da política de segurança do Governo Estadual e Federal”, disse Bruno Almeida.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Sugestão de Leitura
Enquete

Deus pode usar a doença para provar uma pessoa?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...
Lista de Links
Copyright 2007-2012, Jota7.com - Todos os direitos reservados.