Professores de informática participam de oficinas de atividades digitais

Publicado em 24 novembro 2016

O universo da tecnologia é amplo e vive em constante rotação. Para os profissionais que lidam diariamente neste meio, é um desafio acompanhar todas as novidades do mundo digital. Foi pensando nisso que os professores do laboratório de informática estão atualizando os conhecimentos e buscando novas propostas de ensino através da Oficina de Criação e Desenvolvimento de Atividades Digitais, promovida pela Secretaria Municipal de Educação (Smec).

A oficina segue até o dia 5 dezembro, sendo ministrada de segunda à quarta-feira, das 19 às 22h, no Laboratório da Escola Municipal Francisca da Silva Lemos, no Buritis. O curso é de 40 horas, onde os professores inscritos aprendem a criar e desenvolver atividades de Matemática, Língua Portuguesa, Ciência, História e Geografia tudo utilizando um único programa que é a planilha Calc do pacote Libre Office, com sistema operacional Linux.

“Por enquanto estamos formando apenas os professores do laboratório, mas se surgir interesse podemos abranger aos demais profissionais. No mundo digital, tudo é aprendizado e não podemos perder a oportunidade de capacitar quem lida diariamente com educação das nossas crianças”, disse o monitor pedagógico de informática, Lucas Cavalcante.

A Coordenação do Ensino Fundamental da secretaria pensou no curso como forma de recurso didático-pedagógico para contribuir com a prática docente dos professores do laboratório ligado com as lições dos livros de 1º ao 5º Ano, dando assim suporte didático aos professores de sala de aula.

Ernandes Dantas, coordenador Pedagógico de Informática da Smec, foi o responsável pela proposta de usar atividades direcionadas aos conteúdos dos livros didáticos e o responsável pela criação das atividades disponibilizadas via e-mail para todos os professores, onde eles fazem o download e aplicam nos laboratórios de forma estruturada.

“Esse curso nos possibilita trabalhar também de forma estruturada, baseada nos livros do Programa Saber Igual. O professor está sendo habilitado para trabalhar dessa forma, utilizando como base as atividades enviadas todas as semanas para serem aplicadas aos alunos durante as aulas no laboratório de informática”, disse Ernandes.

A Secretaria Municipal de Educação, por meio da coordenação, está trabalhando várias outras propostas de cursos para os professores como criar aplicativos para smartphone e tablets, Linux Básica e Avançado, Apresentações Dinâmicas com Impress (similar do Power Point) e muito mais.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Sugestão de Leitura
Enquete

Deus pode usar a doença para provar uma pessoa?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...
Lista de Links
Copyright 2007-2012, Jota7.com - Todos os direitos reservados.