Mas quem morará no teu santo monte?

Publicado em 10 janeiro 2014

Nunca foram tão claros, nunca estivemos tão próximos, nunca vivemos tão profundo o que diz as Escrituras Sagradas.

O mundo, sua sociedade e seus valores nunca estiveram tão uniformes com o que foi revelado por Cristo ao ser perguntado sobre os sinais do fim dos tempos:

“Nação se levantará contra nação, e reino contra reino. Haverá fomes e terremotos em vários lugares.” (Mateus 24.7)

“”Aprendam a lição da figueira: quando seus ramos se renovam e suas folhas começam a brotar, vocês sabem que o verão está próximo.. Assim também, quando virem todas estas coisas, saibam que ele está próximo, às portas.” (Mateus 24.32-33)

Sempre quando tratamos sobre esse assunto, alguns, sentem logo um alívio… Graças a Deus que já tenho uma igreja e faço caridades. Mas meditando um dia  sobre tudo isso, fui alertado pelo Espírito Santo a prestar atenção em três textos da Bíblia:

O primeiro esta é Lucas 13. 23-27

Alguém lhe perguntou: “Senhor, serão poucos os salvos?” Ele lhes disse: “Esforcem-se para entrar pela porta estreita, porque eu lhes digo que muitos tentarão entrar e não conseguirão. Quando o dono da casa se levantar e fechar a porta, vocês ficarão do lado de fora, batendo e pedindo: ‘Senhor, abre-nos a porta’. “Ele, porém, responderá: ‘Não os conheço, nem sei de onde são vocês’. “Então vocês dirão: ‘Comemos e bebemos contigo, e ensinaste em nossas ruas’. “Mas ele responderá: ‘Não os conheço, nem sei de onde são vocês. Afastem-se de mim, todos vocês, que praticam o mal! ’

O segundo esta em Mateus 7.21-23
Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! Entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus.
Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? E em teu nome não expulsamos demônios? E em teu nome não fizemos muitas maravilhas?
E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade.

O terceiro esta em Mateus 25.1-13

“Então o reino dos céus será semelhante a dez virgens que, tomando as suas lâmpadas, saíram ao encontro do esposo.
E cinco delas eram prudentes, e cinco loucas.
As loucas, tomando as suas lâmpadas, não levaram azeite consigo.
Mas as prudentes levaram azeite em suas vasilhas, com as suas lâmpadas.
E, tardando o esposo, tosquenejaram todas, e adormeceram.
Mas à meia-noite ouviu-se um clamor: Aí vem o esposo, saí-lhe ao encontro.
Então todas aquelas virgens se levantaram, e prepararam as suas lâmpadas.
E as loucas disseram às prudentes: Dai-nos do vosso azeite, porque as nossas lâmpadas se apagam.
Mas as prudentes responderam, dizendo: Não seja caso que nos falte a nós e a vós, ide antes aos que o vendem, e comprai-o para vós.
E, tendo elas ido comprá-lo, chegou o esposo, e as que estavam preparadas entraram com ele para as bodas, e fechou-se a porta.
E depois chegaram também as outras virgens, dizendo: Senhor, Senhor, abre-nos.
E ele, respondendo, disse: Em verdade vos digo que vos não conheço.
Vigiai, pois, porque não sabeis o dia nem a hora em que o Filho do homem há de vir.”

O salmista preocupado com a salvação, com as características de quem vai passar a eternidade com Deus, fez a seguinte pergunta; “Quem morará no teu santo monte?” (Salmos 15.1)

Seria aquele que se veste como santo, irrepreensível, mau fala com as pessoas por se achar superior a todos?
Aquele que acredita que a sua igreja é a única que vai subir no arrebatamento, e diz que as outras igrejas representam a “porta larga”?
Aqueles que operam milagres maravilhosos, e em contrapartida tem cada dia, seus cofres abarrotados de doações e dízimos dos fies para uso próprio?
Aqueles que transformam a Casa de Deus em lugar agradável para todo mundanismo, para que todos possam se sentir bem, e prega um evangelho só de prosperidade, vendendo as maravilhas do mundo e esquecendo-se de anunciar o Reino de Deus?
Aqueles que negociam o seu rebanho ao primeiro candidato que oferecer a melhor proposta para a “igreja”. Benefícios que sempre vão parar nas mãos de meia dúzia; cargos, empregos e bolsas de estudos para seus familiares?
Os que em nome de Deus se utilizam da palavra de forma mentirosa para manter a igreja dentro do seu ponto de vista (Visão) humano, e assim, profanar de todas as maneiras e macular a Noiva do Cordeiro?

Para ajudar na nossa reflexão Deus nos deu um direcionamento, respondendo ao salmista;

Aquele que anda sinceramente, e pratica a justiça, e fala a verdade no seu coração.
Aquele que não difama com a sua língua, nem faz mal ao seu próximo, nem aceita nenhum opróbrio contra o seu próximo;
A cujos olhos o réprobo é desprezado; mas honra os que temem ao Senhor; aquele que jura com dano seu, e contudo não muda.
Aquele que não dá o seu dinheiro com usura, nem recebe peitas contra o inocente. Quem faz isto nunca será abalado. (Salmos 15.2-5)

A pergunta é quem, dirá ao Mestre naquele dia “… Comemos e bebemos na tua presença, e tu ensinaste nas nossas ruas;…” “… Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitos milagres?…” “… Senhor, Senhor, abre-nos a porta.”

Questionamentos para a nossa meditação; Qual a nossa verdadeira motivação no envolvimento com Cristo? Somos as prudentes ou as loucas?

Todas eram noivas, aguardavam o mesmo noivo, mas nem todas conseguiram entrar com ele para as bodas.

“Vigiai pois, porque não sabeis nem o dia nem a hora.” (Mateus 25.13)

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Sugestão de Leitura
Enquete

Deus pode usar a doença para provar uma pessoa?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...
Lista de Links
Copyright 2007-2012, Jota7.com - Todos os direitos reservados.