Perdeu playboy…

Publicado em 27 maio 2014

Os dias parecem sempre os mesmos, a cidade, embora pequena, é muito agitada. Até porque estamos falando de Cafarnaum um lugar que gozava de aspectos especiais; era local de fronteira, dotado de aduana (estabelecimento para cobrança de imposto) e era cortada por uma grande via imperial que conduzia a Damasco. Cafarnaum também mantinha relações comerciais com a alta Galiléia, Síria, Fenícia, Ásia Menor, Chipre, África e com Roma. Não somente devido ao comércio, Cafarnaum também era considerada o centro cultural da Galileia. Para quem gosta de agitação, altas baladas, curtição, não tinha lugar melhor.
Dentro desse contexto para se dar bem na vida a pessoa teria que ser um bom comerciante, donos de vários barcos de pesca ou ser coletor de impostos. Essa última opção não era muito bem vista, até porque o povo judeu não nutria nenhum amor a essa figura que lhes obrigava a pagar impostos absurdos para o governo romano. Mas para quem não tinha nada a perder, e gostava da vida boa, da farra e queria se dar bem a qualquer custo valia o risco.
No centro da cidade, num corre, corre frenético, ele aparece do nada, monta sua bancada e anuncia:
_ Vamos lá cidadãos Hebreus é hora de pagar os impostos devidos

Levi, filho de Alfeu, coletor de impostos era uma espécie de “Pop Star” da época, conhecido também como Mateus, odiado pelo povo, mas adorado pelos amigos. Era um homem instruído (sabia ler e escrever) algo raro na época, o que lhe garantia o cargo de confiança do império romano.
A cada dia de trabalho exaustivo, Mateus reunia toda a turma, para o Happy Hour ( festinha que reuni pessoas que acabam o seu dia de trabalho para relaxar.)
Uma vida de curtição total, dinheiro, amigo, mulheres e muita bebida. Só que o nosso “playboy” não sabia que mais alguém o observava, isso mesmo, em meio aquela vida festiva e irresponsável, Jesus viu em Mateus um servo, alguém preparado para um propósito específico. (Registrar a passagem de Cristo na terra) Muitas vezes o que não serve para a sociedade, é um instrumento perfeito nas mãos de Deus.
E um dia o “Pop Star” se encontra com Jesus… E com apenas um comando ele tem a vida transformada.
«Jesus, partindo dali, viu um homem chamado Mateus, sentado na coletoria, e disse-lhe: Segue-me. Ele se levantou e o seguiu.
Mateus ainda teve oportunidade de se despedir dos velhos amigos, não perdeu tempo, preparou uma grande festa, e é claro, convidou o novo amigo. Jesus participou de um grande banquete, onde estavam muitos cobradores de impostos, publicanos e pecadores, com certeza essa atitude do Mestre desagradou todos os religiosos da época, mas para Mateus foi a descoberta que ele estava com a pessoa certa para dar um novo rumo e sentido a sua vida. De playboy a Discípulo de Jesus.

Série ” A simplicidade do Mestre”

Pr. Marcone Lázaro.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Sugestão de Leitura
Enquete

Deus pode usar a doença para provar uma pessoa?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...
Lista de Links
Copyright 2007-2012, Jota7.com - Todos os direitos reservados.